CRÔNICAS DE NEGÓCIOS

Just Google it!

Recebo um grande número de e-mails de estudantes e profissionais pedindo ajuda. Não estou falando das viúvas de dignatários da Nigéria e de outros países da África querendo fazer parceria numa conta de milhões de dólares — o último e-mail desses vinha assinado pela viúva do Arafat! Falo de pessoas sinceras com dúvidas sinceras. O que fazer?

Se respondesse a todos, logo seria eu quem iria estar pedindo por ajuda. Seria impossível fazer caber em meu dia de 24 horas o tempo gasto com esse atendimento informal para esclarecer dúvidas e trabalhar para comprar o leite para as crianças. Encontrei um site que alguém colocou no ar, talvez por ter o mesmo problema. Hummmm…. meio agressivo, né?

Just Google It!

Como resolver a questão de responder, ajudar a quem pergunta e ainda assim não perder tempo que preciso usar para meu sustento? Minha fórmula foi criar um e-mail padrão para responder. Isso mesmo, se você me perguntar alguma coisa que poderia encontrar a resposta em outro lugar, vai receber o e-mail. Não é falta de consideração, mas apenas a maneira que encontrei de responder e, ao mesmo tempo, continuar trabalhando no modo remunerado. Aqui vai o modelo:

"Olá, (o nome da pessoa vai aqui)

Fico muito honrado com sua visita e gostaria muito de ajudar, mas os dias estão corridos para mim (e devem estar para você também). Além disso, recebo centenas de pedidos de ajuda de profissionais e estudantes para resolver problemas ou trabalhos escolares, monografias, teses e até traduções. Seria impossível atender a todos, não é mesmo?

Portanto, não tenho o "peixe" que pediu. Mas vou dar umas dicas de como pescá-lo. Normalmente não guardo informações sobre assuntos que pesquiso, já que todos os dias há coisa nova na Internet. Por isso adotei owww.google.com como minha biblioteca. Quando preciso de algo, "I just google it!"

É muito fácil de usar e não tem contra-indicações (só não use o Google quando estiver dirigindo ou operando equipamento perigoso!). Use uma ou mais palavras separadas por espaço e ele mostrará as páginas que trazem aquelas palavras em qualquer ordem. Ou refine sua pesquisa usando frases entre aspas. Normalmente pesquiso também sites em inglês, onde há um volume maior de informações.

Se acrescentar à sua busca as palavras ".doc", ".ppt" ou ".pdf", descobrirá que muita gente guarda em servidores abertos ao Google documentos Word (doc) de trabalhos e monografias, apresentações PowerPoint (ppt) de palestras ou e-books em formato Acrobat Reader (pdf). É claro que você até poderia pegar um desses arquivos Word, trocar o nome e entregar como seu trabalho escolar. Mas você não vai fazer isso, não é mesmo? Ei! Sério! Você não vai fazer isso, ok?

Se quiser traduzir algo, use www.google.com/language_tools
Para buscas avançadas, use
www.google.com/advanced_search
Você pode fazer contas, converter pesos, medidas e temperaturas e mais um montão de coisas usando
www.google.com/help/calculator.html
Procurando uma foto ou imagem para seu trabalho escolar? Veja aqui: 
www.google.com.br/imghp
Quer mais? Ok, então dê uma boa olhada neste link e verá que incrível essa ferramenta?
www.google.com/help/features.html

Era isso. Você vai sair sem o "peixe" que veio procurar, pois hoje meu tempo só permite que lhe ensine a pescar. Tenho certeza de que irá fisgar algo.

Um grande abraço,

Mario Persona"


Bem, acho que resolvi o problema educadamente e ainda ajudo as pessoas a conhecer melhor a ferramenta que é o Google. É claro que sempre alguém poderá perguntar, "Se você não tem tempo para me ajudar, como teve tempo para escrever tudo isso?". Aí seria o caso de criar um outro e-mail padrão com instruções de como usar o recurso Copiar-Colar do Windows

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Esta crônica faz parte dos temas apresentados em suas palestras. Veja em www.mariopersona.com.br

Esta crônica de Mario Persona pode ser publicada gratuitamente como colaboração em seu site, jornal, revista ou boletim, desde que mantidas na íntegra as referências acima.