ENTREVISTA

Marketing pessoal

O que é marketing pessoal?

Mario Persona – É um conjunto de ações visando descobrir, dentre as necessidades do mercado, aquelas que podem ser atendidas pela competência, habilidades e experiências de um profissional. Dado este primeiro passo, é feito um planejamento de como aprimorar essas competências e utilizar os meios adequados para que elas sejam conhecidas pelo público.

Como fazer o marketing pessoal de forma que não soe arrogância?

Mario Persona – Existe uma idéia equivocada de que marketing pessoal seja fazer propaganda de si mesmo. Não é isso. Obviamente existe a necessidade de promoção, mas o profissional deve procurar fazer com que isso seja feito por terceiros, criando uma impressão positiva nos clientes atendidos, fornecendo ajuda e amostras grátis de seu trabalho e procurando ampliar sua rede de relacionamentos. Essa rede deve incluir profissionais de imprensa, mas não no sentido de usá-los como promotores ou meio de propaganda, mas sim de colocar-se à disposição deles no caso de necessitarem de fonte para matérias relacionadas à área de experiência do profissional.

Quais são os prós e contras do marketing pessoal?

Mario Persona – Quando feito de maneira adequada, não há contras. Todo profissional deve ter sua estratégia de marketing pessoal e os contras podem ser atribuídos às formas equivocadas e intrusivas de marketing pessoal, que acabam manchando a reputação do profissional. Mas antes que um profissional se aventure a se expor no mercado é bom que ele esteja bem afinado naquilo que faz, pois se não estiver o único resultado será que o mercado ficará sabendo que ele não é competente, e será esta a marca que acabará deixando em seu público.

As empresas têm dado mais importância as pessoas que tem esse perfil?

Mario Persona – Antes de ser uma questão de dar ou não importância, trata-se de uma questão de a empresa saber ou não que o profissional existe, esteja ele disponível no mercado, prestando serviços ou até trabalhando na empresa. Quando alguém não é conhecido, não é indicado e não é contratado. Por isso uma boa estratégia de marketing pessoal inclui criar uma imagem positiva até mesmo entre pessoas que não sejam clientes ou empregadores em potencial, mas cuja indicação pode valer muito na hora de uma contratação ou na conquista de um novo cliente.

Quais são os passos que as pessoas que pretendem trabalhar sua imagem precisam dar?

Mario Persona – O primeiro passo é fazer um bom diagnóstico de si mesmas, de suas competências e experiências, para saber que tipo de necessidade deve detectar no mercado para fazer par com sua capacidade de atender. Se o profissional perceber que ainda não está à altura de atender seu público, deve fazer a lição de casa ou escolher um público ou uma atividade mais condizente com sua realidade atual.

Quais são as gafes mais comuns, que devem ser evitadas ao fazer o marketing pessoal?

Mario Persona – A propaganda intrusiva, spam, a criação de uma imagem antipática e muitas outras coisas podem prejudicar a carreira do profissional. Outro erro comum é o profissional achar que sabe o que o mercado quer ou necessita sem fazer uma análise criteriosa. Outro é tentar atender algum segmento para o qual não está habilitado. Tudo isso pode deixar marcas difíceis de serem removidas no futuro.

O que é preciso fazer para que o marketing dê certo?

Mario Persona – Observar e analisar muito bem o mercado e sua própria capacidade de atendê-lo. Ao contrário do que muitos pensam, que marketing pessoal não passa de propaganda, tudo começa no "produto", na sua criação, produção e planejamento de como torná-lo conhecido e disponível no mercado. O "produto" são as competências e habilidades do profissional. Quem se concentra apenas em propaganda sem ter o que oferecer logo terá seu marketing pessoal trabalhando contra si mesmo, com resultados desastrosos.

Entrevista concedida para a Folha Universitária Uniban em 23/06/2008.

Entrevistas como esta costumam ser feitas para a elaboração de matérias, portanto nem tudo acaba sendo publicado. Eventualmente são aproveitadas apenas algumas frases a título de declarações do entrevistado. Para não perder o que eu disse na hora, costumo gravar ou dar entrevistas por escrito. A íntegra do que foi falado você encontra aqui. Se achar que este texto pode ajudar alguém, use o formulário abaixo para compartilhar.

Mario Persona é consultor, escritor e palestrante. Veja emwww.mariopersona.com.br