Onde trabalhei tinha um Tico-Tico que morava na árvore sob a qual eu estacionava meu carro. Era só parar e ele descia para brigar com o retrovisor.

No final do dia, era sempre igual. Eu ia para casa com o retrovisor cheio de baba de passarinho e o Tico-Tico saía voando em busca de alguma frutinha rica em aspirina ou tylenol para curar sua dor de bico.

Lembrei da história do Tico-Tico porque um pardal acaba de encerrar seu vôo no vidro da janela de onde digito, jazendo no solo dois andares abaixo. Deve ter voado ao encontro daquele pardal parecidíssimo com ele e… PIMBA!

Ainda desci ao térreo para socorrer o bichinho e o coloquei de quarentena sob um arbusto do jardim do prédio. Ele olhou para mim sem dar um pio. Foi atropelado por ele mesmo vindo em sentido contrário. Estava ocupado com o retrovisor.

É por isso que insisto para meus alunos olharem para a frente. Tanto que obriguei… ehrrr… solicitei, a título de trabalho para nota, que cada um criasse um blog e escrevesse ali suas impressões sobre as aulas. São mais de 150 pessoas – de duas classes de graduação e uma de MBA – que estão criando uma presença na Internet pela primeira vez.

O que estão achando da experiência? Muitos resistem a princípio, mas depois percebem o ganho. Fica aqui a idéia para outros professores meus leitores.

“Fomos ‘incentivados’ pelo professor Mário a criar um blog, tive um pouco de receio, porque é uma coisa nova e sabemos que o novo assusta. Fiquei mais animada quando ‘Altas Horas’ do sábado o apresentar Serginho Groisman pergunta: ‘Quem tem um blog?’, eu disse baixinho para não acordar ninguém: ‘Eu tenho’, foi muito emocionante.” Ise Spagnol – ISCA

“Bom, Acho que agora preciso começar a escrever, antes que o Persona pegue no meu pé. Como alguns disseram, esse papo de blog pra mim, era coisa de quem não tinha o que fazer. Nunca me passou pela cabeça, que poderia utilizá-lo para descrever um pouco do meu conhecimento, nem que fosse para somente eu visualizar e acessar. E o Persona conseguiu me convencer disto. Agora estou começando a escrever, e percebo o quão produtivo isto pode ser. Ter acesso a um local onde você possa descarregar tudo aquilo que conhece e tudo aquilo que gostaria de falar mas não tinha ninguém pra escutar. (é lógico que nem tudo). Pode ser usado até como uma espécie de terapia.” José Rodrigo Vieira Soares – UNINOVE

“Embora tendo um contato diário na internet, nunca imaginei que seria obrigada a criar meu próprio Blog. Mas, quem está na chuva é pra se molhar. Afinal, a faculdade se torna um desafio para o aluno. Temos que ter sempre em mente que somente os fortes conquistam os altos cumes, porque sabem escalar a montanha passo a passo e lentamente vencer os percalços…. Toda subida exige esforços, perseverença e coragem!” Luciana Guido – ISCA

“Segunda, tive uma aula show (MBA de Gestão em TI e informática) com o professor Mário Persona, sobre Gestão de Negócios na Internet.Uma grande sacada que ele nos passou foi aprender a fazer o marketing pessoal, e como utilizar a Internet para isso (hehhehe, esse blog é o primeiro passo).” Isabelle Carrara – UNINOVE

“Ontem tive uma aula de adm mercadológica com o Prof. Mário Persona e para ser sincera já não gostei dele ter ‘exigido’ criar um blog para discutir nossas idéias e outras coisas, pois na maioria das vezes temo o desconhecido. Mas então… respirei fundo e fui ao trabalho, já que temos que fazer, vamos fazer. Entrei no site e comecei a seguir as instruções e cheguei a conclusão de que experiências novas são ótimas e como é fácil esse tal de blog então de repente percebi que caí em tentação…” Karin Dona – ISCA

“Até a aula de hoje, eu sempre tive uma impressão muito negativa da utilização da Internet pelos usuários. Foi ai que eu descobri qual a importância que a Internet pode ter na divulgação e propaganda de nossas carreiras. Criando uma página pessoal na Internet, contendo suas principais qualidades, experiências você conseguirá ficar cada vez mais próximo de vender sua imagem a seus futuros empregadores ou até para seus clientes. E isso sem dúvida é uma demonstração de que a Internet pode ser utilizada para uma ótima causa trazendo grande melhoria a nossas carreiras profissionais.” Luis Fernando dos Santos Polli – UNINOVE